Get Adobe Flash player

Localização

Jornal do Caju

1Edicao

2Edicao

Reunião PLN 2015



  • slider jquery
1
2
3
4
5
bootstrap carousel



Decorreu de 10 à 12 de Junho de 2015 no distrito de Chibuto província de Gaza, a reunião anual de planificação do Instituto de Fomento do Caju (INCAJU), esta reunião contou com a participação dos técnicos das oito delegações provinciais desta instituição. A reunião tinha como, fazer avaliação do desempenho das actividades do INCAJU na campanha 2014/2015, no âmbito de Produção e Distribuição de Mudas, Maneio Integrado dos Cajueiros, Monitoria da Comercialização, implementação do PITTA. Investigação, Recursos Humanos e o orçamento disponibilizado para cada delegação. Como também perceber o cumprimento das recomendações saídas Última reunião planificação de 2014.
O INCAJU tem a missão de revitalizar a cultura de chá, esta cultura que era gerida pelos Serviços Agrários de Moçambique, faltando neste momento a homologação do decreto que lhe concede os planos director, afirmou Cessante-Directora Nacional do Instituto do Fomento do Caju (INCAJU) Filomena Maiopué
Falando ao Jornal folha do caju a nossa fonte disse ainda que a instituição que dirige passará também a fomentar no país a amêndoa de macadâmia, esta que é um género botânico pertencente à família Proteaceae e à subfamília das grevileóideas possui alto valor nutricional. A reunião teve como recomendações: a colaboração das delegações províncias do INCAJU com as Direcções Provinciais do Plano e Finanças, de modo a viabilizar os orçamentos para o funcionamento das suas actividades, as delegações deverá programar e orçamentar actividades relativas a progressões. promoções e mudanças de carreira dos seus técnicos.

Moçambique pretende produzir 100 mil toneladas de castanha de caju

20150610_092736

A meta de produção de castanha de caju para a campanha 2015/2016 é de cerca de 100 mil toneladas, superando em 20 mil toneladas o montante contabilizado na campanha concluída no ano anterior, afirmou o Cessante-Director Nacional Adjunto do Instituto de fomento do Caju (INCAJU)
Carlos Mucavel disse recentemente que para se atingir aquela meta o INCAJU vai pulverizar mais de 4 milhões de cajueiros e promover em simultâneo acções visando o fomento da cultura, através da distribuição, em todo o país, de mais de 3,3 milhões de mudas.
Mucavel, que falava no distrito de Chibuto, Província de Gaza, a margem da Reunião Nacional de Planeamento do Instituto do Fomento do Caju (INCAJU), recordou que o caju e respectiva castanha é um produto que é base do sustento e da geração de rendimento para cerca de 1,4 milhões de famílias em todo o país.
A produção de castanha de caju em Moçambique ocorre principalmente na zona norte, com uma contribuição de aproximadamente 57%, sendo seguida pela zona centro, com 24%, e, por último, a zona sul, com 19%.
O Cessante-Director Adjunto do INCAJU salientou ainda ser necessário aumentar a tonelagem de processamento primário de castanha, aumentando o número de fábricas que actualmente ascende a 23%, bem como o processamento secundário, “pelo que se torna necessário mobilizar investimento para a construção de unidades industriais.”
“As nossas linhas de força são o aumento da produção, do processamento primário e do processamento secundário, em qualidade e quantidade, garantindo rendimento aos agregados familiares envolvidos na cultura do caju”, disse Carlos Mucavel, Cessante-Director Nacional Adjunto, citado pelo matutino folha do Caju.

Fonte:INCAJU


Produzir Caju para Gerar Riqueza

Calendário

Novembro 2017
S T Q Q S S D
« Out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Rede Social

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email

Festival Caju

gala

Reunião Anual

gala

Tomada de Posse